Tireoide e disfunção sexual: saiba mais.

Tempo de leitura: 1 minuto

A tireoide é uma glândula que tem um formato parecido a de uma borboleta e que fica no pescoço, na frente da garganta. Essa glândula pode apresentar disfunções que causam impacto na vida de um ser humano, inclusive no ato sexual.
Hipotiroidismo é quando a glândula produz menos hormônio do que deveria e hipertireoidismo é quando produz demais.

Homens com doença na tireoide podem ser afetados da seguinte forma:

1) Demora para ejacular, conhecida como ejaculação retardada, quando há uma diminuição na produção dos hormônios (hipotireoidismo)

2) Ejaculação rápida, mais conhecida como ejaculação precoce, quando há uma produção aumentada dos hormônios (hipertireoidismo)

Acredita-se que a desordem na produção dos hormônios da tireoide também possa afetar a produção do hormônio masculino, testosterona, impactando na performance sexual.

Também poderia afetar a produção de outro hormônio, a prolactina, que também está envolvida nos mecanismos do desejo sexual.

Sem contar que a má produção de hormônios pela tireoide pode cursar com queixas de ansiedade, desânimo, depressão e alterações do metabolismo corporal afetando a pressão sanguínea e os batimentos cardíacos.

Felizmente, o tratamento das condições de hipo e hipertireoidismo, costumam regularizar as queixas relacionadas ao comprometimento do desempenho sexual

Deixe uma resposta