Masturbação e impotência sexual.

Tempo de leitura: 1 minuto

Masturbação pode levar à  impotência sexual? Esse é o assunto desta postagem.

Masturbação é uma prática comum de se proporcionar prazer e que não costuma causar nenhum dano físico ao pênis. Pode ser praticada sozinha ou com o seu parceiro, principalmente nas situações em que a  penetração não pode ser praticada, seja temporária ou permanentemente.

A masturbação não costuma levar à impotência sexual por lesões que envolvam nervos, hormônios e vasos sanguíneos do pênis , mas a forma como a masturbação é praticada pode causar alguns distúrbios comportamentais e assim, dificultar o ato sexual. As ereções no ato sexual podem não ser tão rígidas como na masturbação, assim como a excitação.

Por exemplo:

1) A forma como um homem se masturba pode levar a um estímulo do pênis que causa o orgasmo, onde num ato sexual esse mesmo homem não consegue. A força de uma mão, não necessariamente é a mesma do ato sexual, seja oral e/ou com penetração.

2) Os estímulos visuais que levam ao orgasmo pela masturbação ao ver sozinho um filme pornô, podem gerar uma dificuldade na hora do ato sexual, caso o parceiro não consiga satisfazer as fantasias sexuais que os vídeos sugerem. 

Nessas duas situações ensinar o seu parceiro a te masturbar do jeito que você curte e conversar sobre realizar as fantasias sugeridas pelos filmes pornôs, podem ser uma solução. Mas muitas vezes é necessário o auxílio de um terapeuta para ajudar esse homem com essas dificuldades, a encontrar o prazer também no ato sexual. 

Deixe uma resposta