Eletrobras quer cortar quase 1.700 trabalhadores em plano de demissão

Tempo de leitura: menos de 1 minuto

A Eletrobras anunciou na noite de quinta-feira (10) que realizará o segundo plano de demissão consensual de 2019, com meta de desligamento de 1.681 empregados até 31 de dezembro deste ano, como parte dos esforços de reduzir custos com funcionários que podem chegar a R$ 510 milhões ao ano.
Leia mais (10/11/2019 – 08h52)

Deixe uma resposta