Como se aumenta o pênis.

Tempo de leitura: 1 minuto

Sim, é possível realizar procedimentos para aumento do pênis, tanto em tamanho como na largura. Os procedimentos são realizados em homens com deformidades do pênis no nascimento, após acidentes que alterem o aspecto do pênis ou simplesmente porque o paciente decide pelo procedimento.

Quais métodos para realizar o procedimento?

1) Enxertos de pele (usados a partir da pele próxima do pênis ou até mais distante)

2) Injeção de gordura no pênis.

3) Injeção de silicone, ácido hialurônico ou outros produtos usados na estética para preenchimento de áreas.

4) Reduzindo a gordura que fica na base do pênis, na união com o corpo, com lipoaspiração, que traz a impressão de um pênis mais longo.

5) Liberação do ligamento do pênis da região púbica, que faz com que ele se solte da área óssea e se apresente maior.

Cremes, solução gel, pílulas e tração por peso não levam ao aumento do pênis. Há sim um extensor de pênis (assunto já abordado neste blog anteriormente) comprovadamente eficiente, porém complicado no uso.

Infelizmente os tratamentos disponíveis podem ser acompanhados de complicações como inchaço, cicatrizes feias, deformidades, abscessos (infecção da cirurgia), gangrena, distúrbios emocionais e até mesmo impotência sexual decorrente da lesão de nervos e/ou vasos sanguíneos durante a realização do tratamento.

Lembrando: a definição de pênis pequeno é aquela em que o pênis flácido tem menos de 4 centímetros e quando em ereção e tracionado, menos do que 7,5 centímetros. Consideram-se normais, pênis que em ereção variam de 10 a 15,25 centímetros.

Deixe uma resposta